Veja como se preparar para a primeira entrevista de emprego e arrasar!

Quer conquistar aquele emprego dos sonhos e deslanchar em uma carreira profissional de seu interesse? Então, terá que passar por uma importante fase nessa jornada: a entrevista de emprego.
Enfrentar um recrutador cheio de perguntas pode dar um frio na barriga, mas saiba que existem alguns modos de se dar bem e conquistar a confiança dele.
Quer saber como arrasar na primeira entrevista de emprego? Então, siga a leitura com muita atenção nas dicas que listamos!

COMO SE SAIR BEM NA PRIMEIRA ENTREVISTA DE EMPREGO?

Chegou a hora de controlar a sua ansiedade. As dicas citadas a seguir são fáceis e vão exigir somente um pouco de dedicação. Lembre-se de que as habilidades adquiridas com elas devem ser usadas no seu futuro profissional.

FAÇA UMA PESQUISA COMPLETA SOBRE A EMPRESA

Assim como você usa algumas de suas redes sociais para seu marketing pessoal, as empresas também apostam nesse recurso. Ali, dá para encontrar missão, visão e valores, como a organização se posiciona sobre as tendências do mercado e quais são seus diferenciais de produto ou serviço.
É bom ter todas essas informações em mente para fazer bonito na entrevista, como veremos mais adiante. Isso mostra que você se interessa não apenas pelo cargo, mas também em aprender constantemente — uma característica fundamental no mercado de trabalho.
Além disso, ao pesquisar sobre a empresa, você precisa decidir se realmente gostaria de trabalhar nela ou não. Já pensou conquistar a vaga e só depois descobrir que a cultura não é adequada para o seu perfil?

TRABALHE SUA POSTURA CORPORAL

Sabia que você tem muito a dizer com sua postura corporal? E não pense que o recrutador ignora essas questões. Braços cruzados, pés balançando, bocejo e olhos impacientes não são bons sinais. O ideal é deixar o celular de lado para não parecer desinteressado e ficar mais reto possível, sem demonstrar tensão. Uma boa dose de confiança ajuda.

APRENDA A EXPLICAR SEU CURRÍCULO

Nem sempre você precisa apresentar o currículo impresso, pois o recrutador pode tê-lo em mãos. De toda maneira, é recomendado saber exatamente o que escreveu nele para não cometer qualquer gafe. Se ele fizer alguma pergunta a respeito de suas experiências, já tenha as respostas na ponta da língua para não gaguejar demais.
Agora, cá entre nós: não caia na tentação de mentir sobre o currículo e suas habilidades. Mesmo se não tiver muita experiência — afinal, você está na primeira entrevista de emprego —, a verdade é mais confortável em qualquer situação.

ESCOLHA SEU TRAJE COM ANTECEDÊNCIA

Essa é fácil. Só colocar as roupas mais formais que tem no armário, certo? Na verdade, não é bem assim. Antes disso, confira a cultura da empresa e o dress code. Para isso, invista no seu lado detetive e procure as fotos publicadas pelas redes sociais da companhia. Inspire-se nos seus (quem sabe) futuros colegas de trabalho para isso.
Na dúvida, opte pelo básico e elegante, ao mesmo tempo. Evite acessórios muito chamativos ou estampas gritantes para não distrair a intenção do que realmente importa. As camisetas com frases são bem-modernas, mas cuidado com os dizeres, que podem passar uma impressão errada de você.

QUAIS SÃO AS PERGUNTAS MAIS COMUNS NAS ENTREVISTAS?

Viu só como são dicas simples de serem colocadas em prática? No fim das contas, tudo se resume a ser você mesmo e buscar o aprendizado constante. E é isso que está fazendo agora. Então, seguimos este post com sugestões de respostas para o questionário do recrutador.

QUAIS SÃO SUAS QUALIDADES E DEFEITOS?

Cuidado! Essa pergunta contém pegadinhas. Isso porque é muito fácil apontar o perfeccionismo como defeito. Mas vamos combinar que realizar tarefas com essa característica mais ajuda do que atrapalha. Aqui, o recrutador quer saber se você realmente se encaixa no tipo de trabalho oferecido e na metodologia utilizada pela equipe.
É fundamental ser sincero tanto para falar das qualidades quanto para descrever defeitos. Seja direto na resposta, mas complemente-a com o que tem feito para contornar tais problemas e reforçar suas melhores habilidades profissionais. Alguns exemplos de pontos fracos que podem ser mencionados:
  • timidez em um primeiro momento para fazer amizades;
  • nervosismo diante de mudanças muito repentinas;
  • excesso de comunicação;
  • medo de falar em público;
  • impaciência.

QUAL É A SUA PRETENSÃO SALARIAL?

Muitas empresas não divulgam a remuneração para o cargo, porque trabalham com pretensão salarial. O recrutador então quer saber qual é a sua para conferir se a oferta está de acordo com as expectativas de ambas as partes. Tendo isso em mente, precisamos alertar: é claro que queremos um salário alto logo de cara. Mas priorize o bom senso e uma proposta realista.
Coloque na balança a sua experiência, a média salarial da sua profissão, entre outros fatores. Sendo o primeiro emprego nessa área, pode não ser estratégico indicar valores muito altos. Com o tempo e a aquisição de prática, a empresa consegue até um aumento para você.

POR QUE SE INTERESSOU PELA NOSSA EMPRESA?

Lembra-se da nossa dica inicial para mandar bem na primeira entrevista de emprego? Olha só como ela é importante! Se você não pesquisa sobre a empresa, corre o risco de ficar dando voltas para responder o motivo de seu interesse. Razões muito vagas, que se aplicariam a qualquer negócio, podem não surtir efeito nesse momento.
Então, busque lá na mente como essa companhia atua. Leu alguma curiosidade sobre o trabalho, a exemplo da possibilidade de home office? Fale que gostou desse investimento na cultura digital e na autonomia oferecida aos colaboradores. Só cuidado para não cair no conto do “puxa-saco” e estender muito sua resposta.

QUAL É SEU DIFERENCIAL DIANTE DOS OUTROS CANDIDATOS?

Pense em toda sua trajetória até aqui: do que sente mais orgulho em sua personalidade? Quais conhecimentos você adquiriu que merecem destaque? É com a resposta para essas perguntas que você saberá seu diferencial em relação a outros candidatos. A atenção maior aqui é para não ser arrogante nem prepotente.
A missão da primeira entrevista de emprego não é nada impossível, concorda? Sabendo quais perguntas costumam ser feitas e as melhores formas de agir diante do recrutador, você consegue mandar bem nas respostas e passar até para as próximas fases do processo seletivo. Com tais informações em mãos, agora é só treinar bastante e ter confiança em seu bom trabalho.
Os primeiros passos você já deu. Agora, que tal aproveitar a visita para saber como se preparar para o mercado de trabalho?