Propósito de vida e carreira: aluna da UVA conta como uniu seus objetivos

  • carreira
  • dicas
  • propósito

Você já parou para pensar na relação propósito de vida e carreira? Antes de tudo, vamos ao conceito. Pode-se entender propósito de vida como um objetivo, algo que dá um norte, orientando os passos profissionais. É ele que ajuda na tomada de decisões, contribuindo para que as pessoas se sintam mais realizadas.

 

Ao mesmo tempo, ele não tem a finalidade de romantizar o trabalho. Afinal, é mera ilusão acreditar que problemas e frustrações nunca existirão. Mas uma coisa é certa: ele torna bem mais fácil o nosso dia a dia, fazendo com que o acordar e o levantar tenham mais sentido.

 

Maria Eduarda Peixoto é aluna do 7º período de Publicidade e Propaganda aqui na UVA e nos contou um pouco da sua história nesse processo de unir propósito de vida e carreira. Que tal se inspirar nessa trajetória? Acompanhe!

 

 

A nossa aluna Maria Eduarda Peixoto

“Tenho 21 anos e estou cursando o 7º período de Publicidade e Propaganda na UVA. Sou apaixonada por comunicação, meu gatinho Reginaldo e os livros do Neil Gaiman”.

 

Maria Eduarda acrescenta ainda que, assim como vários outros estudantes, ela sentiu certa ansiedade logo antes de entrar na universidade: “quando a gente sai do Ensino Médio, sente uma pressão grande para se inserir nesse novo mundo acadêmico. Geralmente, não temos a menor ideia do que estamos fazendo. Comigo não foi diferente. Saí da escola sem saber direito o que ia fazer”.

 

 

O caminho para descobrir o propósito de vida

Quem dera se fosse tudo muito simples. Imagine ir dormir e, na manhã seguinte, acordar já sabendo exatamente que carreira seguir e quais passos dar. Algumas pessoas têm a sorte de descobrir isso cedo, mas pode acreditar: são a minoria.

 

“Fiz testes vocacionais e alguns vestibulares. O último ano da escola foi um processo exaustivo, mas meu cunhado é ex-aluno de Publicidade e Propaganda da UVA, então começou a me contar um pouco sobre o curso. Ele sempre falava sobre a diferença que fez na vida dele e como a universidade o ajudou a se desenvolver para o mercado”.

 

A partir disso, Maria Eduarda se interessou pela área. Começou a pesquisar sobre o tema publicidade, analisou as possibilidades de atuação e percebeu que tinha tudo a ver com o perfil dela. Foi o que precisava para se encontrar!

 

 

A UVA como parte dessa história

“Dei muita sorte de entrar em um curso que estimula tanto a minha criatividade, levando a me esforçar ao máximo para ser inovadora, além de ser reconhecida quando isso acontece”, analisa.

 

Maria Eduarda nos relata aqui duas conquistas que teve até agora, no 7º período, mas ela também reconhece que a própria dedicação foi importante nesse processo. “O encantamento de me tornar universitária impactou todos os meus trabalhos acadêmicos e, logo cedo, comecei a me dedicar arduamente a todas as atividades, sempre balanceando os estudos com o trabalho.”

 

Um projeto desafiante

Já no 2º período ela foi surpreendida pelo desafio de produzir um documentário. “Sempre me interessei por audiovisual: produzir, inovar e impactar alguém com a minha produção. Apesar de eu ainda ser nova para fazer uma produção dessas, não tive medo de me jogar e de apresentar minha proposta à turma.”

 

Bem, só vence quem arrisca, não é? A coragem e o empenho da estudante trouxeram resultados: “é com grande honra que digo que o documentário ‘A Cultura da Macumba’, que fala sobre a desconstrução de preconceitos contra crenças da matriz africana, ganhou o 3º lugar no Prêmio Isnard Manso Vieira, da Universidade Veiga de Almeida”, comemora.

 

O estágio merecido

Aqui na UVA temos inovação na matriz curricular. A ideia é deixar nossos alunos preparados, de verdade, para o mercado de trabalho. Por isso, apostamos em projetos hands on, que estimulam a colocar a mão na massa, já lidando com a parte prática da profissão.

 

Desde o começo do curso há um incentivo para o desenvolvimento profissional. E quem se dedica tende a ter boas conquistas, assim como Maria Eduarda.

 

“Hoje, sou estagiária de marketing na Aspen Pharma. Estou na equipe das medicações que são vendidas sem prescrição, como o Leite de Magnésia de Phillips e Calman. Toda a experiência adquirida na universidade, sem dúvidas, me preparou para enfrentar o mercado de trabalho com sucesso, além de ter aberto os meus olhos para a importância de me esforçar para ter destaque em todas as mínimas tarefas que são solicitadas. Tudo faz diferença!”

 

 

Propósito de vida e carreira: algumas dicas para esse grande encontro

Propósito de vida e carreira podem se encontrar no meio do caminho e formar um belo par. Mas vamos ser sinceros: não existe mágica, viu? Ainda assim, em algum momento, é preciso começar e, muitas vezes, arriscar, como fez a aluna Maria Eduarda. Por isso, separamos algumas dicas para ajudar.

 

Busque autoconhecimento

O autoconhecimento é essencial para quem deseja unir propósito de vida e carreira. Existem várias ferramentas que contribuem para que você entenda melhor suas próprias características e preferências. Testes vocacionais são uma alternativa. Também é possível buscar psicoterapia ou mesmo explorar novas experiências, como um intercâmbio ou trabalho voluntário.

 

Avalie o que é fácil para você

Pense naquilo que você faz bem e sem grandes dificuldades; em algo para o qual as pessoas costumam procurar sua ajuda ou opinião. Normalmente, isso revela uma habilidade, e iniciar a carreira em cima dela pode ser uma boa ideia, pois não será um trabalho tão custoso.

 

Essa aptidão, provavelmente, também tem a ver com algo que você sente que pode contribuir com os outros, no sentido de responsabilidade social. Assim, poderá fazer a relação entre universidade e sociedade se tornar mais significativa.

 

Lembre-se dos seus desejos da infância

Normalmente, nossa cabeça de criança não coloca regras ou empecilhos em nossos desejos, por isso, aqueles nossos antigos anseios podem revelar algo importante. Você consegue identificar os seus sonhos daquela época e relacionar com quem é hoje? Tente fazer esse exercício.

 

Enfim, unir propósito de vida e carreira não é algo tão distante, como às vezes parece ser. Basta dar os primeiros passos e acreditar em si mesmo. Afinal, como afirma Maria Eduarda: “a gente nunca imagina que algo incrível vai acontecer, até que, de fato, aconteça, não é?”. E, caso você queira, ainda pode contar com a ajuda da UVA para fazer com que as coisas deem ainda mais certo nessa caminhada!

 

Gostou de conhecer um pouco dessa história de propósito de vida e carreira? Aproveite e faça sua inscrição no vestibular, para começar a colher os frutos!