Por Thais Monteiro Magalhaes | 07/12/2023

Jejum intermitente: conheça alguns mitos

Nutricionista da UVA aponta os benefícios do jejum e quais cuidados devem ser tomados

Ficar por um período determinado sem ingestão de alimentos pode ser benéfico. O jejum intermitente é uma estratégia nutricional e conta com alguns protocolos que consistem em jejum completo, jejum em dias alternados, restrição do tempo de alimentação (16h, 18h, 20h ou 24h), entre outros. O tipo de jejum praticado pode conter variações dependendo dos objetivos e particularidades do paciente. “O primeiro ponto é estabelecer a estratégia adequada e não estipular uma meta que o paciente não consiga seguir”, explica Giselle França, coordenadora do curso de Nutrição da Universidade Veiga de Almeida (UVA).

 

Entre os principais benefícios estão a desintoxicação e a melhora do ritmo circadiano e da função intestinal, além de proporcionar uma limpeza ao organismo. Com a baixa ingestão de calorias, os níveis de glicose diminuem, fazendo com que o organismo comece a utilizar as células de gordura do corpo, ricas em energia. A abstinência da ingestão de alimentos por um período determinado permite que seu organismo passe por uma função de reparo celular, rejuvenescimento, entre outros processos de regularização metabólica.

 

Fato é: o período pós-jejum deve ser seguido de uma alimentação equilibrada, prescrita por um nutricionista para que o paciente consiga atender suas necessidades diárias e favorecer o equilíbrio metabólico. “Não adianta fazer jejum e depois ter uma alimentação errada, com qualidade nutricional insuficiente e calorias inadequadas”, ressalta Giselle.

 

Descubra alguns mitos apontados pela nutricionista:

 

1. Água com limão em jejum emagrece? Não, o que ajuda no emagrecimento são as mudanças dos hábitos de vida. É necessária uma alimentação equilibrada e saudável, além da prática de atividade física.

 

2. Comer carboidrato à noite engorda? Não, o que engorda é o excesso. Por isso, é importante equilibrar a quantidade que comemos ao longo do dia e sua qualidade.

 

O emagrecimento saudável vem seguido de bons hábitos, e, para que essa tática tenha mais chances de dar certo, é importante uma alimentação balanceada. “Vegetais, frutas, verduras e alimentos ricos em fibras são essenciais, além da prática regular de atividade física”, finaliza a coordenadora de Nutrição da UVA.

Voltar para notícias

Notícias

Featured image

24/05/2024

Dia Nacional do Café: Conheça os benefícios e malefícios da bebida

Ver notícia completa
Featured image

20/05/2024

Conheça a Liga Acadêmica de Anatomia Humana

Ver notícia completa
Featured image

16/05/2024

Maio vermelho: mês de conscientização contra a hepatite

Ver notícia completa
Featured image

13/05/2024

Coordenadora do mestrado e do doutorado em Psicanálise lança livro sobre o poder da palavra

Ver notícia completa
 Ver todas as notícias

cursos que
podem interessar

X

X

Oi, como posso te ajudar?

ESCOLHA UMA DESTAS OPÇÕES E FALE COM A GENTE:

WhatsApp
Nosso chat
(21) 2574 8888
hubspot controller