Por Pedro Paulo Carvalho | 29/12/2022

Professores recebem bolsas do programa Jovem Cientista

Pesquisas têm como foco a melhora no tratamento de doenças periodontais e sequelas da Covid-19

Os projetos dos professores do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Odontologia da Universidade Veiga de Almeida (UVA), Maíra do Prado e Vittorio Moraschini, foram aprovados para o Programa Jovem Cientista do Nosso Estado (JCNE) 2022. Cada pesquisador foi contemplado com uma bolsa mensal durante os próximos três anos para o desenvolvimento das pesquisas e apresentação dos resultados.     

     

Com a pesquisa Desenvolvimento e aprimoramento de materiais odontológicos pela incorporação de nanopartículas de clorexidina, a professora Maíra, avalia a criação de um dispositivo que ficará acoplado na bolsa periodontal, liberando essas partículas de forma lenta e controlada, evitando a recontaminação da área.    

   

Já Moraschini abordou o tema Estudo transversal da prevalência tardia e fatores de riscos associados para a disfunção olfatória e de paladar após Covid-19, que propõe a análise da diminuição parcial ou total do paladar e olfato de pessoas que tiveram a doença, a compreensão do mecanismo de ação do vírus e sua área de atuação. “Busco gerar um percentual de quem apresentou esse distúrbio no pós-covid e entender quais são os paladares mais afetados, se o azedo, o doce ou o salgado. É importante observar se o vírus fica localizado nas papilas linguais, nas narinas ou se ele acomete parte do sistema nervoso central”, explica.     

   

Nesse edital, a UVA foi a única instituição de ensino superior privada a ter pesquisas aprovadas na área da Odontologia. Para os docentes, ter projetos ligados ao programa é fundamental e positivo tanto para os pesquisadores quanto para a universidade. “Com o valor das bolsas recebidas é possível investir em laboratórios, permitindo que o aluno tenha a infraestrutura necessária para desenvolver seus trabalhos e conduzir seus projetos na própria Veiga”, ressalta Maíra.    

   

O programa Jovem Cientista do Nosso Estado é desenvolvido pela Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj). A iniciativa apoia projetos coordenados por pesquisadores com até dez anos de doutorado, relevantes em suas áreas de atuação, com vínculo empregatício ou funcional em instituições de ensino do estado do Rio de Janeiro.

Voltar para notícias

Notícias

Featured image

01/07/2024

Cidade do Rio de Janeiro concentra 63% dos eletropostos do estado

Ver notícia completa
Featured image

27/06/2024

Saiba como agir em casos de queimaduras

Ver notícia completa
Featured image

24/06/2024

7 dicas para aproveitar as comidas típicas da Festa Junina de forma mais saudável

Ver notícia completa
Featured image

20/06/2024

Alunos de Letras participam de evento de associação de professores

Ver notícia completa
 Ver todas as notícias

cursos que
podem interessar

X

X

Oi, como posso te ajudar?

ESCOLHA UMA DESTAS OPÇÕES E FALE COM A GENTE:

WhatsApp
Nosso chat
(21) 2574 8888
hubspot controller