Por admin | 21/03/2024

Dicas para crianças e adultos aproveitarem a Páscoa de forma mais saudável

Professora da UVA alerta para os cuidados com o consumo de chocolate, a importância da salada na ceia e as vantagens do consumo de peixes

Com a chegada da Páscoa, é comum que o consumo de chocolate – um dos protagonistas desse feriado – aumente em mais de 10%, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas (Abicab). A vontade de consumi-lo é influenciada pelo comércio, que tem a data como uma das principais no calendário de vendas.

 

Mas o produto, com alto teor de açúcar e gordura, exige alguns cuidados para consumo. A professora de Nutrição da Universidade Veiga de Almeida (UVA), Patrícia Souza, destaca que é normal sairmos da rotina alimentar durante esse período de confraternização e exagerarmos no consumo de chocolate. Para manter a saúde em dia, ela dá algumas dicas:

 

1 – Evite chocolate branco. Ele possui pouco cacau e tem altas concentrações de gordura e de açúcar, que juntas e em excesso são prejudiciais à saúde;

 

2 – Opte por chocolates com maior teor de cacau. De preferência, acima de 70%. Quanto maior o teor de cacau, mais rico em antioxidantes o produto se torna, que ajudam a combater os radicais livres no organismo. Essas substâncias ajudam a combater doenças cardiovasculares, câncer e envelhecimento precoce;

 

3 – Evite ovos ou barras com chocolates recheados. Quanto maior a quantidade de substâncias, maior a quantidade de corante e açúcar, alimentos não saudáveis que podem contribuir para alergias;

 

4 – Sempre verifique a lista de ingredientes do produto. Os itens são dispostos em quantidades – da maior para a menor, de cima para baixo.

 

Limites do chocolate para as crianças

 

Para os pais de crianças, público-alvo da maioria das marcas de chocolates, além dos cuidados já citados, Patrícia destaca algumas dicas especiais:

 

1 – Crianças de até dois anos não podem ter contato com alimentos que contenham açúcar, mas o ideal é postergar ao máximo. O paladar acaba se modificando, além de propiciar o surgimento de cáries;

 

2 – É importante controlar a quantidade de chocolate que a criança vai consumir, e isso é responsabilidade do adulto. Um ou dois quadradinhos de barra por dia é a quantidade ideal. Se o produto for um ovo de Páscoa, é recomendado dividi-lo ao meio e cada metade deve ser consumida em 5 dias, de forma fracionada;

 

3 – Jamais entregue o ovo ou a barra toda para a criança. Ela não vai conseguir fazer uma administração correta e vai acabar consumindo mais chocolate do que deve, aumentando o risco de diabetes e colesterol elevado.

 

Importância das saladas e pescados na ceia

 

Para a ceia de Páscoa, momento de confraternização das famílias, a professora de Nutrição da UVA recomenda a adição de saladas nos pratos. “Além de saudáveis, elas causam saciedade e ajudam a consumir uma menor quantidade de comida. Já os pescados, muito consumidos nessa época, são ricos em Ômega 3 e ajudam a prevenir doenças cardiovasculares. E há opções nutritivas para todos os bolsos, da sardinha ao salmão”, diz.

 

Caso as famílias optem por bacalhau, ressalta Patrícia, é importante se atentarem ao processo correto de dessalga, que precisa ser realizado dentro da geladeira por causa do risco de contaminação, e com troca de água a cada 4 horas.

Voltar para notícias

Notícias

Featured image

01/07/2024

Cidade do Rio de Janeiro concentra 63% dos eletropostos do estado

Ver notícia completa
Featured image

27/06/2024

Saiba como agir em casos de queimaduras

Ver notícia completa
Featured image

24/06/2024

7 dicas para aproveitar as comidas típicas da Festa Junina de forma mais saudável

Ver notícia completa
Featured image

20/06/2024

Alunos de Letras participam de evento de associação de professores

Ver notícia completa
 Ver todas as notícias

cursos que
podem interessar

X

X

Oi, como posso te ajudar?

ESCOLHA UMA DESTAS OPÇÕES E FALE COM A GENTE:

WhatsApp
Nosso chat
(21) 2574 8888
hubspot controller