Por admin | 02/10/2019

Campus Tijuca recebe seminário de Jornalismo

Primeira edição do evento contou com a presença de palestrante internacional

Na última segunda (30), o campus Tijuca da Universidade Veiga de Almeida (UVA) recebeu a 1ª edição do Seminário Desafios do Jornalismo, organizado pelos alunos do Núcleo de Estudos em Jornalismo. Os alunos puderam assistir palestras e participar de oficinas e mesa redonda com profissionais reconhecidos pelo mercado.

 

A primeira palestra do seminário teve como tema Cobertura jornalística em zonas de conflito e contou com a jornalista americana Ana Araña, com experiência em matérias sobre o crime organizado internacional.

 

Na parte da tarde, a mesa redonda e as oficinas foram os destaques do evento. A primeira tratou sobre os Desafios do jornalismo independente e empreendedor, com Gilberto Scofield Jr., diretor de estratégia e negócios da Agência Lupa, de fact checking e produção de conteúdo, e Agostinho Vieira, editor e um dos criadores do Projeto Colabora, com foco em sustentabilidade. “As redes sociais hoje são o que as bancas e assinaturas eram antes para os jornais. Cerca de 90% da nossa audiência atualmente vem de pessoas no Facebook, Twitter ou Google. É fundamental saber trabalhar as especificidades de cada rede”, destacou Agostinho.

 

Em seguida, aconteceu a oficina de cobertura em favelas, com Carla Regina, da Agência de Notícias das Favelas (ANF). Ela escreve para a ANF e para o jornal A Voz da Favela. Para ela, os jornais comunitários são uma ferramenta de democratização: “A gente pode levar a cultura e informação não só para as comunidades, mas para todo o mundo. O Brasil todo tem favela. E nós damos voz a quem não tem”.

 

A noite do seminário foi reservada para duas palestras, a primeira com o jornalista e pesquisador Thomas Traumann, sócio da Traumann&Thompson Comunicação e autor do livro O Pior Emprego do Mundo. A palestra teve como tema O fim do jornalismo tradicional e o consumo de notícia no século XXI e foi mediada pela professora Cecília Seabra.

 

A última palestra teve como tema o livro Toca o barco – Ricardo Boechat e a reinvenção do rádio, que conta a trajetória profissional do jornalista e também traz histórias de bastidores contadas por 32 colegas que conviveram com Boechat, que morreu em março deste ano. “Tivemos a ideia de reunir depoimentos de jornalistas que trabalharam com ele como forma de homenageá-lo. Esse livro não é uma biografia, e sim uma maneira de contar um pouco sobre a vida do profissional pela ótica das pessoas que trabalharam com ele”, explicou Luiz André, que escreveu o livro com o também jornalista Bruno Thys.

 

 

Por João Henrique Oliveira, da Agência de Comunicação Institucional (AgeCom), e contou com a contribuição de Fabyane Melo, Fabyene Melo, Luiza Almeida e Lucas Candido

Voltar para notícias

Notícias

Featured image

20/12/2021

Principais tendências de looks para as festas de fim de ano

Ver notícia completa
Featured image

15/12/2021

Ceia alternativa para Natal mais econômico e consciente

Ver notícia completa
Featured image

06/12/2021

Aluna expõe trabalho na Galeria Caruá

Ver notícia completa
Featured image

29/11/2021

Egressa da Veiga conquista prêmio do CREA-RJ

Ver notícia completa
 Ver todas as notícias