Curso de Odontologia: diferenciais e as áreas de atuação

  • áreas de atuação
  • curso de odontologia
  • diferencias

As áreas da saúde são bastante atrativas para os estudantes que estão saindo do ensino médio ou mesmo para quem deseja dar novos rumos à carreira. A possibilidade de contribuir para o bem-estar e a qualidade de vida da população é um dos principais fatores que justificam essa procura. Nesse cenário, está o curso de Odontologia.
 
Com diversas possibilidades de especialização, o dentista é uma figura essencial para a manutenção da saúde e da autoestima das pessoas. Justamente por isso, encontra valorização e um mercado recheado de oportunidades — ainda mais quando ele conta com diferenciais no currículo, como uma formação completa em uma universidade renomada.
 
Se você tem interesse em conhecer como é o curso de Odontologia, chegou ao lugar certo. A partir de agora, verá um panorama que vai desde os primeiros passos da graduação até as atuações no mercado de trabalho. Acompanhe!
 
 

COMO É O CURSO DE ODONTOLOGIA?

A graduação em Odontologia oferece ao estudante o título de bacharel. Ao longo da formação, ele entra em contato com as principais regiões de atenção do dentista (dentes, mandíbula, ossos da face, maxilar) e com as técnicas necessárias para realizar tratamentos e diversas intervenções.
 
O conteúdo do curso envolve as Ciências Biológicas e da saúde para dar ao estudante uma visão completa e generalista sobre sua profissão. A graduação ocorre em período integral para familiarizar o futuro dentista ao seu ambiente de trabalho. Com o diploma em mãos, poderá prestar cuidados a pacientes de diferentes idades e condições físicas.
 
Mas, para chegar a essa conquista, o profissional precisa apresentar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e passar pelo estágio supervisionado. Inclusive, esta última etapa é obrigatória e deve ocupar ao menos 20% da carga horária da graduação, de acordo com resolução do Ministério da Educação (MEC).
 
Vale ressaltar que as atividades práticas realizadas durante o curso são diferentes do estágio supervisionado, segundo o mesmo documento. O estudante precisa passar por ambas as experiências para aprimorar suas técnicas de atendimento e aprender a lidar com seus pacientes de forma ética e respeitosa.]
 
 

QUAL É A DURAÇÃO DO CURSO?

O curso de Odontologia tem duração de 4 anos, que são divididos ao longo de 8 semestres. Esse é o tempo necessário para que o estudante tenha contato com a base necessária para a atuação como dentista e, posteriormente, as partes mais técnicas da profissão.
 
Durante a graduação, também há oportunidades suficientes para as atividades práticas em laboratórios e o aprendizado além de sala de aula. Dessa maneira, os conteúdos dos livros se tornam mais fáceis de se fixar e contribuem verdadeiramente para a formação do futuro profissional.
 
 

O QUE SE APRENDE NO CURSO?

Na Universidade Veiga de Almeida, além de todas as disciplinas práticas e teóricas, o estudante aprende a seguir os caminhos de uma atuação ética e socialmente consciente. Dessa forma, pode atender pacientes nos âmbitos público e privado com base em uma formação sólida e completa.
 
Tem curiosidade de conhecer mais de perto cada uma das disciplinas que levam a esse conhecimento? Acompanhe o próximo tópico!
 
 

QUAL É A MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ODONTOLOGIA DA UVA?

Como veremos mais adiante, a Universidade Veiga de Almeida leva inovação aos seus estudantes com alguns diferenciais. Um deles está na metodologia que incentiva a prática mesmo nas disciplinas mais teóricas.
 
Com uma abordagem hands on, o futuro dentista não precisa aguardar uma oportunidade no mercado para aprimorar seu trabalho. Ele já encontra isso durante a graduação, no próprio ambiente da universidade, na cuidadosa curadoria de conteúdos da matriz curricular dos cursos da UVA.
 
Tendo isso em mente, veja aqui o que você vai encontrar no curso de Odontologia da UVA.
 
 

QUAL É O PERFIL DE UM PROFISSIONAL OU ESTUDANTE DE ODONTOLOGIA?

Com tanto conhecimento adquirido em sala de aula e nos ambientes complementares da universidade, o futuro dentista se desenvolve para conquistar espaço no mercado. Mas já pensou em qual o perfil do estudante e do profissional mais indicado? Conheça algumas soft skills que o compõem.
 

DETALHISTA

Para oferecer um serviço completo ao paciente, garantindo o bem-estar dele, é preciso dar atenção aos detalhes sempre. Principalmente nos tratamentos relacionados à estética, a pessoa deseja conhecer a fundo cada parte do processo para ter os resultados desejados. O dentista que melhor atende a essa demanda garante a satisfação dos pacientes.
 

EMPÁTICO

O dentista lida com pessoas o tempo todo, mesmo quando não está tratando da saúde bucal. Ele precisa ouvir com atenção os relatos e queixas de seus pacientes para chegar a um diagnóstico, o que requer empatia, sobretudo.
 
Em alguns cenários, encontrará pessoas fora de seu estado normal: agressivas, impacientes e até com medo da consulta, motivadas pela dor que sentem. O profissional deve contornar a hesitação inicial e não levar tais atitudes para o lado pessoal, mostrando-se disposto a aliviar os sintomas e tratar os problemas.
 

PACIENTE

Muitas pessoas também chegarão ao consultório odontológico com diversas dúvidas. Outras, confusas com as instruções passadas, fazendo as mesmas perguntas por mais de uma vez. A paciência para explicar os procedimentos e acalmá-las é essencial para o dentista, mesmo que ainda esteja nos centros de saúde da universidade.
 

FOCADO

Para crescer na carreira profissional, o estudante também precisa de bastante foco. Desde o início do curso, algumas matérias podem desafiá-lo, principalmente aquelas mais técnicas. É por isso que ele deve investir nos estudos, na solução das dúvidas e, sempre que possível, na busca pela prática. Quanto mais casos reais tiver diante de si, melhor será sua atuação.
 
Ao fim da graduação, com a conquista do registro do CRO (Conselho Regional de Odontologia), é fácil se acomodar e atender apenas casos simples da rotina do dentista. Mas vale lembrar que as especializações são o que diversificam o trabalho do profissional, tornando-o referência e, consequentemente, garantindo melhores retornos financeiros.
 

INOVADOR

tecnologia na área da saúde também se desenvolve constantemente. Então, é preciso estar sempre atento para conferir as tendências do setor em termos de tratamento e encontrar novas soluções para a autoestima do paciente. Equipamentos modernos e procedimentos diferentes, por exemplo, devem estar em seu radar de aprendizado.
 
 

COMO É O MERCADO DE TRABALHO NA ÁREA?

Vimos que o mercado de trabalho de Odontologia é promissor. Mas você imagina o porquê? Pense que, independentemente de crises ou quaisquer dificuldades que uma sociedade passe, esse será um profissional a quem as pessoas sempre vão recorrer em emergências ou consultas preventivas.
 
A população entende cada vez mais a importância da saúde bucal — principalmente depois que descobrem alguma intervenção que poderia ser evitada sob cuidados atentos de um dentista. Para atender a demanda das pessoas, são mais de 330 mil cirurgiões dentistas atuando no mercado, de acordo com dados do Conselho Federal de Odontologia.
 
Segundo as mesmas estatísticas, as regiões com maior quantidade de profissionais são a Sul e a Sudeste. Isso quer dizer que a concorrência é mais expressiva nesses locais. Logo, uma possibilidade interessante para quando estiver com o diploma em mãos é buscar outros Estados para atuar e fidelizar pacientes.
 
Quanto ao salário do dentista, a média é de R$3.786,53 para uma carga horária semanal de 33 horas. Mas esse valor pode alcançar R$8.409,02 à medida que você se qualifica e soma diferenciais ao seu currículo. Principalmente quando você escolhe a universidade certa para acompanhar seu desenvolvimento.
 
 

QUAIS SÃO AS ÁREAS DE ATUAÇÃO DO CURSO DE ODONTOLOGIA?

Uma das formas de escolher a graduação certa é conhecer bastante a rotina da profissão — em outras palavras, as atribuições profissionais que serão desempenhadas quando estiver com o diploma em mãos.
 
Veja as principais áreas em que o dentista é necessário!
 

ORTODONTIA

Essa talvez seja uma das áreas mais conhecidas da Odontologia. Ela trata da posição tanto dos dentes quanto dos ossos maxilares por meio dos aparelhos ortodônticos, fixos ou móveis. O profissional define qual o tipo de acordo com as necessidades do paciente e, em alguns casos, com preferências estéticas.
 
Muito mais do que recuperar sorrisos das pessoas, o ortodontista também colabora para a melhor mastigação, deglutição e até fala do paciente. Sua importância no mercado é evidente, tendo em vista que conduz os tratamentos preventivos e corretivos.
 

DENTÍSTICA

A Dentística é dividida entre duas frentes: a restauradora e a estética. A primeira trata problemas como as cáries — que, quando não cuidadas, podem se espalhar pela boca do paciente e interferir em sua saúde. Cabe ao dentista removê-la, restaurar o dente e preenchê-lo com resina.
 
Já a Dentística estética ganhou força nos últimos tempos com a popularização das lentes de contato e facetas de porcelana. Nesse caso, é preciso dominar as técnicas e cuidados para que essas intervenções não prejudiquem o sorriso do paciente, criando problemas em vez de preveni-los.
 

IMPLANTODONTIA

Em alguns casos, o paciente perde um ou mais dentes da boca e precisa de implantes de titânio para comportar uma peça protética em substituição. Com o procedimento correto, logo o tecido ósseo se forma em torno desse dente artificial e não permite movimentos que desalinhem a arcada, por exemplo.
 

ODONTOPEDIATRIA

As crianças também precisam de tratamento para os dentes, que ainda são considerados “de leite”. Nessa idade, os problemas mais comuns são com as cáries, que podem atrapalhar o crescimento saudável dos dentes permanentes. Paciência e jogo de cintura aqui são ainda mais importantes –– principalmente porque os pequenos costumam ter medo de ir ao consultório odontológico.
 

PERIODONTIA

As gengivas, os ossos alveolares e o ligamento periodontal também precisam de cuidados. A Periodontia é responsável por esse tipo de tratamento, que previne, diagnostica ou recupera o paciente de problemas como periodontite e gengivite — se não tratados, podem levar à perda dos dentes.
 

ODONTOLOGIA DO TRABALHO

As empresas buscam o bem-estar de seus colaboradores para garantir melhores resultados e aprimorar a produtividade do negócio. Na Odontologia do Trabalho, o principal objetivo do dentista é evitar que os profissionais desenvolvam doenças ocupacionais, que têm relação com as atividades desempenhadas no ambiente corporativo.
 

ODONTOLOGIA LEGAL

Ainda não muito conhecida pelo público, a Odontologia Legal é relacionada a fenômenos psíquicos, biológicos, físicos e químicos. A área forense, identificação de corpos a partir da arcada dentária, balística e perícias em diversos segmentos são algumas das atribuições possíveis para quem deseja seguir essa carreira.
 
Planos de saúde e empresas privadas também contratam dentistas para essa função, seja para realizar auditorias, seja para evitar problemas causados pela ocupação. Os IMLs (Institutos Médico Legais) e instituições de ensino também têm muito a ganhar com esse especialista.
 

ENDODONTIA

Sabe os tratamentos de canal, tão temidos pelas pessoas? Eles são realizados pelos endodontistas, que diagnosticam, tratam e previnem questões da polpa e tecidos periapicais da raiz: traumas, trincas, fraturas causadas por cáries em estágio avançado e assim por diante.
 

CARREIRA ACADÊMICA

Outra das possibilidades para quem tem diploma em Odontologia é seguir a carreira acadêmica. Formar novos profissionais pode ser uma motivação e tanto para quem se interessa por ensinar. Também é possível desenvolver pesquisas para contribuir com inovações a esse setor da saúde.
 
Para isso, é interessante começar a produção de artigos científicos desde a graduação. Com o diploma em mãos, o profissional precisa fazer uma pós-graduação para conquistar a habilitação para lecionar. Fazer mestrado e doutorado é essencial para se destacar nesse mercado e encontrar boas oportunidades nas instituições de renome no Brasil.
 
 

QUAIS SÃO OS DIFERENCIAIS DO CURSO DE ODONTOLOGIA DA UVA?

Mais de 45 anos de história em qualidade de ensino não é para qualquer instituição. Em 2019, tivemos a maior nota do Enade entre todas as universidades privadas do Rio de Janeiro. Inclusive, também de acordo com esse exame, o curso de Odontologia é um dos melhores do Estado, com IDD-4. Isso só demonstra a excelência da sua formação ao escolher estudar na UVA.
 
Você vai aprender com professores que têm experiência de mercado, são renomados na carreira acadêmica e possuem titulação para transmitir diferentes técnicas de estudo. Aliado a isso, terá acesso a laboratórios modernos e as instalações da Clínica de Odontologia do Centro de Saúde Veiga de Almeida. Sua prática clínica será bastante incentivada por lá.
 
Por falar em laboratórios, você encontra na infraestrutura da UVA manequins que reproduzem diversas condições clínicas. Também pode fazer estágio para desenvolver as habilidades que o mercado espera com base nos fundamentos que aprendeu em sala de aula e nas atividades práticas desempenhadas ao longo do curso.
 
Nas cinco clínicas-escolas disponíveis para a prática profissional, você pode se aproximar da atuação do dentista e, de quebra, prestar atendimento à comunidade — não com casos hipotéticos, mas sim tendo contato direto com pacientes e problemas reais. Assim, quando estiver com o registro em mãos, terá segurança para realizar uma grande variedade de procedimentos.
 
Na UVA, responsabilidade social é algo que integra a sua graduação do início ao fim. O resultado é uma formação integral, preocupada tanto com a ética quanto com a inovação nas práticas da Odontologia. Ensinamos nossos alunos como aliar tecnologia e humanização em saúde, para destacá-los no mercado.
 
Prova disso são as disciplinas de Biotecnologia em Odontologia. Os conteúdos incluem o contato com softwares, sistemas CAD CAM, Laser e muito mais. Os estudantes utilizam a abordagem hands on em atividades colaborativas — o que ajuda a desenvolver habilidades extras, como trabalho em equipe.
 
Para fechar com chave de ouro nossa lista de diferenciais, confira mais alguns benefícios de escolher a UVA:
 

• Acesso ao Centro de Teleodontologia;

• Incentivo à participação na incubadora de projetos e pesquisas desde o primeiro semestre do curso;

• Participação em eventos externos promovidos por entidades como o CRO e a ABO;

• Garantia de acesso ao programa de primeiro emprego (CLIPO), uma parceria entre o curso e o Centro de Saúde Veiga de Almeida.

 

QUAIS SÃO AS VANTAGENS DE CURSAR ODONTOLOGIA?

Ainda tem dúvidas se o curso de Odonto é para você? Então, antes de encerrar o conteúdo, resumimos os principais benefícios de investir nessa carreira. Tome sua decisão com sabedoria!
 

O MERCADO É SEMPRE AQUECIDO

Consultórios, hospitais, prefeituras, sindicatos, instituições de ensino, empresas particulares… são muitos os locais que empregam dentistas todos os anos, de forma constante. Eles necessitam de um profissional especializado para cuidar da saúde bucal das pessoas envolvidas em seu negócio.
 
Só por aí já dá para ver que o mercado emprega dentistas independentemente da época do ano. Será um profissional bastante valorizado no quadro de funcionários da empresa.
 

A REMUNERAÇÃO É ATRATIVA

Vimos que o salário médio de um dentista já é alto, certo? Mas é preciso considerar também o valor de cada área para esse profissional, que muda de acordo com a demanda no mercado.
 
Veja alguns exemplos do que estamos falando:
 

ortodontista: R$13.905,94;

periodontista: R$5.177,00;

odontopediatra: R$4.713,56;

cirurgião implantodontista: R$4.361,36.
 

É POSSÍVEL EMPREENDER

Além de atuar no setor público e em clínicas particulares, o dentista pode abrir o próprio negócio. Empreender tem sido uma opção valiosa para profissionais que desejam ser chefes de si mesmos e controlar melhor a rotina. Só vale lembrar que, para ter sucesso nessa empreitada, é preciso investir dobrado em organização, comprometimento e disciplina.
 
Ter noções sobre finanças e marketing também ajuda bastante, para ampliar o negócio e conquistar novos pacientes para a sua agenda. Principalmente no começo, tenha em mente que o trabalho será intenso e, às vezes, cansativo — mas os retornos vão recompensá-lo a longo prazo.
 
 

A SOCIEDADE VALORIZA O PROFISSIONAL

Algumas profissões contam com a grande vantagem do reconhecimento imediato de seus colaboradores entre as pessoas — felizmente, esse é o caso da Odontologia. E esse retorno positivo já começa dentro de casa. Afinal, as famílias ficam contentes quando jovens escolhem essa carreira, concorda?
 

DÁ PARA AJUDAR O PRÓXIMO

Por fim, o dentista é um profissional de saúde e, assim como em outros segmentos, tem o propósito de melhorar a vida das pessoas. Com um atendimento próximo e humanizado, é capaz de mudar a relação delas com os cuidados bucais, garantindo um sorriso constante no rosto de seus pacientes.
 
Em inúmeras situações, terá a gratidão dessas pessoas estampada no rosto — por exemplo, ao restaurar um dente de uma criança que passava por muita dor, seus pais certamente ficarão bastante agradecidos.
 
Agora que você sabe tudo sobre o curso de Odontologia e o mercado que aguarda os profissionais, pode fazer uma escolha mais consciente e tranquila. Lembre-se de que, mesmo que não se identifique 100% com o perfil indicado, uma graduação de qualidade prepara qualquer estudante para se tornar destaque — com uma atuação ética e humanizada.
 
Se você está em busca de uma universidade assim e gostou dos diferenciais aqui da UVA, venha estudar com a gente! Entre em contato com a nossa equipe para mais informações