Você sabe qual é a diferença entre Engenharia de Produção e Civil? Entenda

Você decidiu ingressar no ensino superior e já sabe que quer estudar Engenharia. No entanto, ainda não descobriu qual área específica deseja seguir? Realmente, esse campo é muito abrangente e uma dúvida comum entre os estudantes é entender qual a diferença entre Engenharia de Produção e Civil.
Para decidir com bastante tranquilidade, é necessário conhecer os tipos de Engenharia, como é o mercado de trabalho, qual o perfil dos profissionais, como é o curso de cada área, entre outras questões.
Para responder a todas essas perguntas e colocar as dúvidas de lado, preparamos este post para você que ainda não sabe qual das carreiras seguir. Por isso, acompanhe!

COMO É O CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO E O QUE OS PROFISSIONAIS FAZEM?

curso de Engenharia de Produção tem duração média de 5 anos e é do tipo Bacharelado aqui na UVA. O objetivo é formar profissionais com capacitação para atuar na gestão das organizações de serviços e bens, ser empreendedor, buscar contínua atualização e aperfeiçoamento e exercer liderança, usando a informática como ferramenta.
A faculdade é multidisciplinar, capacitando os estudantes em muitos setores da economia. Aqui na UVA, a grade curricular é generalista e, com isso, os alunos saem entendendo todas as competências importantes para qualquer área de atuação nessa carreira.
Algumas das principais matérias do curso são:
  • Manutenção Industrial;
  • Ciências do Ambiente;
  • Mapeamento de Processos;
  • Estatística e Probabilidade;
  • Gestão de Projetos;
  • Contabilidade Empresarial;
  • Desenho Técnico;
  • Comunicação Empresarial e Negociação.
Sabia que depois de concluir a graduação você encontrará boas oportunidades de trabalho e ótimas remunerações? Para ter uma ideia, o salário médio do profissional é de R$ 7.789.54 para uma jornada de trabalho de 42 horas semanais. O engenheiro de produção tem conhecimento em várias áreas que envolvem a produção e, por isso, é um profissional com vasto campo de trabalho pela frente.
Engana-se quem pensa que ele trabalha apenas em indústrias. Na verdade, o profissional também é procurado por agências de turismo, lojas de varejo, empresas de saúde, telecomunicações, tecnologia e instituições financeiras.
As áreas de atuação na Engenharia de Produção são inúmeras, indo além da indústria automobilística. Veja, a seguir, os principais ramos.

ENGENHARIA DE QUALIDADE

Nessa área, os profissionais desenvolvem e usam ferramentas qualitativas e quantitativas para o controle da qualidade dos produtos. As tarefas desse tipo de engenheiro são o uso de ferramentas voltadas para a confiabilidade e a implementação do controle estatístico.

LOGÍSTICA

Nesse campo de atuação, os engenheiros de produção lidam com a melhoria de processos que se relacionam ao transporte e movimentação de matérias-primas. Por meio da cadeia produtiva, é possível garantir que os itens estejam disponíveis quando solicitados.

ENGENHARIA ORGANIZACIONAL

Esse ramo é o conjunto de conhecimentos relacionados à gestão das organizações, como informação, inovação e projetos. O foco principal é aumentar a coordenação, a comunicação, a eficácia e a eficiência em grupos de todos os tipos, incluindo os comitês, as divisões e as equipes que são direcionadas por metas.

COMO É O CURSO DE ENGENHARIA CIVIL?

O curso de Engenharia Civil também é do tipo Bacharelado e dura 5 anos aqui na UVA. Ele está estruturado de maneira a proporcionar os fundamentos teóricos clássicos e as técnicas mais avançadas aplicáveis à resolução de problemas no ramo. A graduação assegura ao estudante uma formação sólida em suas áreas de atuação.
O objetivo é formar profissionais responsáveis por executar, supervisionar e projetar obras de vários portes, como a construção de uma casa ou de um grande empreendimento. A grade curricular apresenta matérias generalistas nas áreas de Matemática, Química e Física.
Elas permitem ao aluno ter um novo olhar sobre os espaços para buscar soluções sustentáveis em seus projetos. Logo, algumas das principais disciplinas da Engenharia Civil são:
  • Física Geral e Experimental;
  • Cálculo;
  • Desenho Técnico;
  • Química e Ciência dos Materiais;
  • Materiais de Construção Civil;
  • Fundamentos de Mecânica de Solos;
  • Processo de Gestão de Obras e Projetos.
Com um campo de atuação vasto, o curso de Engenharia Civil prepara você para a atuação em vários segmentos, como saneamento, transporte ou estrutura dos solos. Quem escolher essa especialidade encontrará um mercado de trabalho em evolução constante e com um salário médio de R$ 7.398,77.
Após a graduação, o engenheiro civil estará preparado para lidar com muitos tipos de situações. O profissional pode atuar na gestão de projetos, materiais e segurança. Confira, a seguir, algumas possibilidades.

GEOTECNIA

Alguns empregos demandam um grande conhecimento sobre os solos, como as obras de barragens, de fundações e hídricas. E essa é a área que a Geotecnia está inserida. Os engenheiros realizam cálculos para medir o comportamento do solo em consequência à obra de infraestrutura.

PERÍCIA

O engenheiro que optar pelo campo da perícia em Engenharia trabalhará avaliando construções e realizando perícias judiciais para emitir pareceres técnicos. Nessa área, os profissionais são muito requisitados para medir o impacto de obras, avaliações imobiliárias e conferência de irregularidades.

SANEAMENTO BÁSICO

Aqui, os engenheiros civis buscam a maneira mais eficiente de implantar o saneamento de água e o sistema de esgoto. As atividades desenvolvidas são o planejamento de recursos hídricos e o controle do impacto das obras.

QUAL É A DIFERENÇA ENTRE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO E CIVIL?

Como foi possível perceber, as duas profissões são muito importantes. Os engenheiros civis contam com várias disciplinas em laboratório e participam de visitas técnicas para entender melhor o funcionamento da parte prática da área
Já a Engenharia de Produção associa conhecimentos de outras Engenharias, e os profissionais podem atuar em diversos segmentos, como agronegócio, indústria, serviços, empresas e hospitais, por exemplo.
Ambos profissionais devem saber dialogar com diversos públicos. Uma diferença é que a faculdade de Engenharia Civil é voltada para a área de Ciências Exatas e a de Produção conta com matérias de humanas em sua grade curricular.

COMO ESCOLHER A MELHOR OPÇÃO?

Se você chegou até aqui, conseguiu perceber as diferenças e semelhanças entre os dois cursos. As duas profissões são muito prestigiadas, com oportunidades de emprego em diversos setores.
Os engenheiros de produção devem estar abertos a diferentes especialidades, pois alia a Engenharia a técnicas de Logística, Economia e Administração. Já os engenheiros civis devem focar na precisão, serem organizados e meticulosos.
Agora que você já sabe qual a diferença entre Engenharia de Produção e Civil, lembre-se de que as duas graduações são muito valorizadas e prestigiadas. Se ainda está em dúvida sobre qual escolher, pesquise mais sobre os cursos, observando aspectos como afinidades com a carreira, habilidades e grade curricular.
Gostou do conteúdo e quer ficar por dentro de todas as nossas publicações e novidades? Então siga agora mesmo a nossa página no Instagram!