UVA - Universidade Veiga de Almeida

Cursos de Graduação, Pós-Graduação, Mestrado e Extensão

Universidade Veiga de Almeida

Ligue para a UVA (21) 2574 8888


Acesso ao Sistema

Aluno
Professor
Esqueci a senha

Início > Notícias > Professor da UVA analisa retomada da construção civil

Professor da UVA analisa retomada da construção civil

24 de maio de 2018

Segundo Orlando Gomes, a tendência é que o cenário melhore após as eleições

Este ano marcaria o reaquecimento do mercado da construção civil no Brasil, após um período de baixas, afirmavam os especialistas do setor no final de 2017. De acordo com o coordenador do MBA em Gestão de Obras Civis da Universidade Veiga de Almeida (UVA), Orlando Gomes, o aumento percentual do mercado ainda está abaixo do esperado (que é estimado até o final de 2018 em 10% e até agora mal chegou a faixa dos 1,5%). Para ele, a instabilidade na política nacional, o aumento nos preços do petróleo e da gasolina e o baque da alta do dólar estão freando um crescimento maior do segmento. Além disso, alguns estados com contas no negativo e praticamente quebrados por ineficiência administrativa, também favorecem o quadro de baixa.

Todavia, nos próximos meses, do meado do 2º semestre para o final deste ano, o cenário poderá ser outro, pois, segundo Gomes, o governo vem buscando medidas para estimular o setor. “A intenção é fomentar a área em busca de investimentos que darão ritmo à retomada do mercado da construção civil, tais como: mais recursos nos programas do programa Minha Casa Minha Vida, programas de incentivo fiscal e fomento de técnicas com a utilização da ferramenta BIM - Building Information Modeling. Com isso, o Brasil caminha para a diminuir o percentual de desempregados, pois o segmento absorve profissionais que não precisam de muita qualificação”, destaca. Para o professor, outros mercados se beneficiarão com as medidas, como o imobiliário, o comércio e de serviços.

Os resultados, porém, só devem aparecer em 2019. Segundo o professor, no caso do Rio de Janeiro, a retomada do segmento no estado do Rio poderá ser baseada na linha de captação adotada pelo governo, que é o turismo, com a construção de shoppings, hotéis e melhorias e continuidade em obras de infraestrutura pela cidade, redução de impostos como foi o caso do IPI, isenções fiscais e negociação sobre dívidas, incentivo a programas de qualidade como PBQP-h, linhas de financiamento para projetos sustentáveis, mais recursos para projetos populares, incentivo a projetos com energia solar, entre outros.

Sobre o profissional esperado pelo mercado, Gomes alerta que as empresas estão buscando mais gestores de negócios, pessoas que saibam vender seus produtos. “O MBA em Gestão de Obras Civis da UVA prepara o profissional com conhecimentos que ele só adquiriria em cerca de cinco anos de atuação profissional”, revela. Disciplinas como Contabilidade, Gestão de Custos e Marketing Imobiliário e o uso de ferramentas como gerenciamento de projetos, BIM e Lean Construction fazem, para Gomes, a diferença para quem quer trabalhar na área.

Segundo o professor, o MBA da UVA não é só voltado para os alunos formados nas Engenharias. “É uma especialização útil não só para profissionais da Construção Civil, pois abre a mente para outras áreas ligadas ao mercado de obras. Temos alunos já formados em Administração, Direito, Arquitetura, Contabilidade e Gestão de Projetos, por exemplo, que lidam diariamente com o setor e sentiram a necessidade de aprender mais sobre como conduzir empreendimentos e colher bons resultados”, finaliza.


Texto produzido por Gabriel Brum, estagiário da Comunicação Institucional