UVA - Universidade Veiga de Almeida

Cursos de Graduação, Pós-Graduação, Mestrado e Extensão

Universidade Veiga de Almeida

Ligue para a UVA (21) 2574 8888


Acesso ao Sistema

Aluno
Professor
Esqueci a senha

Início > Notícias > Melhorias marcam a volta às aulas

Melhorias marcam a volta às aulas

06 de março de 2017

Os quatro campi da UVA passaram por mudanças

O período de férias marcou uma série de mudanças nos quatro campi da Universidade Veiga de Almeida (UVA). Entre as transformações estão os novos ambientes de aprendizagem, as salas climatizadas e os espaços de atendimentos aos estudantes, que visam melhorar a qualidade do ensino e levar mais bem-estar e conforto a eles. Uma novidade desse ano é a abertura de laboratórios em algumas unidades da Veiga, como o FabLab e o LabIdeias. Ao decorrer de 2017 outras mudanças serão realizadas a fim de aprimorar o aprendizado dos alunos.

Maria Frastrone, gerente de Estratégia e Inovação, explica melhor o funcionamento do FabLab. “Esse espaço permite criar uma cadeia integrada, da concepção à produção, da ideia ao protótipo, passando por todas as etapas até chegar a avaliação do resultado”, destaca. Presente no campus Tijuca, o ambiente estimula a inovação com fabricação digital voltado para prototipagem. “Lá acontecerão tanto atividades relacionadas às disciplinas, como cursos extracurriculares. Neste espaço os estudantes poderão utilizar impressora 3D, cortadora de vinil, cortadora a laser, kits de robótica e tantas outras”, ressalta.

Outro espaço prestes a inaugurar é o LabIdeias, que possibilitará a interação e a criatividade dos alunos. “Esse laboratório será designado para a inovação. Acreditamos que a aprendizagem através da experimentação e da colaboração é mais eficiente para descobertas inovadoras e no desenvolvimento das principais competências do século XXI”, conta Maria. A gerente de Estratégia e Inovação informa que o laboratório contará com uma estrutura de realidade virtual, além de conteúdos digitais sendo convertidos para 3D. Os campi Tijuca, Marapendi e Cabo Frio serão contemplados com o laboratório.

Um novo ambiente que está planejado para inaugurar nos próximos meses é o Laboratório CSI. “A ciência forense sempre foi a espinha dorsal de contos de mistério. Por que não usar um cenário que desperta o interesse para desenvolver competências essenciais para os estudantes?”, indaga Maria. Ela conta que conteúdos como matemática, física r química serão trabalhados a partir de uma questão desafiadora.

Outra novidade no campus Tijuca é o Centro de Serviço ao Estudante, que reúne uma série de atendimentos ao aluno.

No campus Barra começam a funcionar, além do LabIdeias, o laboratório de química. Há ainda a inauguração do estúdio de fotografia e dos escritórios modelos para a prática de alunos. O laboratório de modelagem ganhou manequins e máquinas de costura e o de informática 60 novos computadores. As salas de aula estão climatizadas e o todo o bloco A está com sinalização interna e externa com piso tátil. A biblioteca do campus também passou por mudanças, com espaço mais amplo, com cinco salas de estudo, todas acústica e com televisão.

E novos espaços foram criados no campus Centro. Entre as novidades estão o auditório com tela smart board com capacidade para 60 alunos, o terceiro laboratório de informática e uma sala de ambientação no primeiro andar. Houve ainda a instalação e funcionamento de quatro salas de TI/TP e de uma empresa júnior no prédio. A biblioteca da unidade passou por mudanças e hoje é capaz de acolher 70 pessoas e em condições de receber alunos deficientes visuais ou de baixa estatura. O piso tátil também foi implantado em todo o campus.

A acessibilidade aos alunos também é um dos pontos altos em Cabo Frio. A unidade instalou um elevador para cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida, além de uma maior integração e acesso entre os três andares do campus. A brinquedoteca do curso de Pedagogia passou por mudanças e uma otimização do espaço da biblioteca facilitou a consulta ao acervo por meio de arquivo deslizante. Houve ainda a ampliação da capacidade do auditório para 165 lugares e a implementação de ares-condicionados em todas as salas do prédio principal.


Gabriel Brum
Estagiário - Comunicação Institucional

fotos da galeria