UVA - Universidade Veiga de Almeida

Cursos de Graduação, Pós-Graduação, Mestrado e Extensão

Universidade Veiga de Almeida

Ligue para a UVA (21) 2574 8888


Acesso ao Sistema

Aluno
Professor
Esqueci a senha

Início > Notícias > Cine Inclusivo promove o protagonismo das pessoas com deficiência

Cine Inclusivo promove o protagonismo das pessoas com deficiência

17 de maio de 2017

Quinta edição recebeu desfile do Grupo “Nós podemos Cabo Frio”

Incentivar o protagonismo das pessoas com deficiência, romper as barreiras da acessibilidade e promover profundas reflexões sobre a inclusão. Estas são algumas das propostas do Cine Inclusivo, projeto lançado em 2016 pelo Núcleo de Acessibilidade da Universidade Veiga de Almeida (UVA), em Cabo Frio. Na última sexta-feira (12), a exibição do filme Colegas (2013, direção de Marcelo Galvão), foi precedida de um desfile de moda, também inclusiva, do grupo “Nós Podemos Cabo Frio”. O debate sobre deficiência intelectual teve como convidados o professor Eduardo Pimenta, que compartilhou experiências familiares e como educador, e o jovem Ricardo Moreno.

As professoras Adriana Souza e Marta Dias, que estão à frente do Núcleo de Acessibilidade do campus, explicam que o Cine Inclusivo é uma ferramenta importante, pois dá visibilidade às ações do Núcleo. Atendendo aos pedidos do público, a partir do próximo semestre, temas como bullyng e transgenerismo serão incluídos nas discussões. Uma das características do evento é o conceito do “microfone aberto”, que possibilita ao público contribuir com seus saberes e experiências. Em todas as edições, há interpretação em Libras (Língua Brasileira de Sinais).

Professora Adriana destaca a importância do Cine Inclusivo para a quebra de barreiras atitudinais e o fomento do protagonismo das pessoas com deficiência, abrindo caminho para a sensibilização da comunidade acadêmica quanto aos estudantes com deficiência. A professora lembra que as ações do Núcleo são mais abrangentes, incluindo a formação inicial e continuada e orientação de coordenadores dos cursos e docentes, bem como o atendimento individualizado aos estudantes com deficiência. “Acredito que o Cine Inclusivo tem sido uma excelente estratégia para alcançar as propostas do Núcleo de Acessibilidade”, ressalta.

fotos da galeria