UVA - Universidade Veiga de Almeida

Cursos de Graduação, Pós-Graduação, Mestrado e Extensão

Universidade Veiga de Almeida

Ligue para a UVA (21) 2574 8888


Acesso ao Sistema

Aluno
Professor
Esqueci a senha

Início > Notícias > Artigos científicos promovem reflexões sobre o mundo do trabalho

Artigos científicos promovem reflexões sobre o mundo do trabalho

10 de abril de 2017

Trabalhos apresentados durante encontro luso-brasileiro questionam escravidão na contemporaneidade

O XIII Encontro Luso-brasileiro de Juristas do Trabalho, realizado nos dias 6 e 7 de abril, com o tema Trabalho, castigo e escravidão. Passado ou futuro?, na Universidade Veiga de Almeida (UVA), em Cabo Frio, contou com profundas reflexões que ocorreram nos grupos de trabalho. Houve a apresentação de artigos elaborados por profissionais e estudantes – da graduação aos cursos de especialização stricto sensu – oriundos de estados de todas as regiões brasileiras, agregados em três áreas: Direitos humanos, trabalho e escravidão: o cenário nacional e/ou internacional; Trabalho decente e proteção à saúde integral; Neoliberalismo e os projetos de precarização e resistência.

Para o coordenador dos grupos de trabalho, professor Álvaro Maciel, do curso de Direito da UVA, a quantidade e qualidade dos trabalhos apresentados superou as expectativas. “Tivemos um grupo de expositores bem eclético e essa diversidade gera uma riqueza de olhares que agrega valor científico aos debates propostos pelo encontro”, destaca o professor, informando que os melhores trabalhos serão publicados. A professora Silvia Correia fez parte de uma das bancas avaliadoras. Ela destaca a originalidade e pertinência dos temas, pois a maioria retratou problemáticas atuais e, mesmo assuntos corriqueiros, foram apresentados com um novo olhar.

A policial civil Ana Carolina Bueno e Letícia Halfeld apresentaram um trabalho sobre a condenação do Brasil na Corte Interamericana dos Direitos Humanos, ocorrida em 2016, por não prevenir a prática do trabalho escravo no país. Ana Carolina acredita que temas como a violação grave aos direitos dos cidadãos devem chegar até a população, por meio de um espaço maior na mídia e nas esferas judiciárias, contribuindo para que os cidadãos tenham consciência e saibam como agir.


Livro

Outra grande contribuição é o livro Trabalho, castigo e escravidão: passado ou futuro?, da editora LTR, que tem como coordenadoras Benizete Ramos de Medeiros e Ellen Hazan, lançado durante o evento, com noite de autógrafos. A obra coletiva propõe uma reflexão acerca do mundo do trabalho atual, com 13 subtemas.

fotos da galeria