UVA - Universidade Veiga de Almeida

Cursos de Graduação, Pós-Graduação, Mestrado e Extensão

Universidade Veiga de Almeida

Ligue para a UVA (21) 2574 8888


Acesso ao Sistema

Aluno
Professor
Esqueci a senha

Início > Notícias > Alunos visitam Cidade do Samba

Alunos visitam Cidade do Samba

16 de fevereiro de 2017

Estudantes conheceram os desafios da diretoria de marketing da Unidos da Tijuca

Os alunos de Gestão de Projetos, Recursos Humanos, Marketing e Gestão Empresarial da pós-graduação da Universidade Veiga de Almeida (UVA) participaram de uma visita técnica no barracão da Unidos da Tijuca, na Cidade do Samba. Os cem estudantes foram divididos em quatro grupos e cada equipe realizou a visita num dia diferente. A última leva de alunos aconteceu na quarta-feira, dia 15, sob a supervisão do coordenador de MBA do Núcleo de Negócios, Ricardo Teotonio.

Para explicar o funcionamento do barracão, a diretora de marketing da escola tijucana, Fabiana Amorim, guiou os alunos e falou sobre a importância de investimentos nos desfiles da agremiação. “Um carnaval está orçado em cerca de R$ 10 milhões. É uma chance do investidor de deixar o produto exposto em rede mundial durante os 82 minutos do desfile”, explicou. Ela contou que apesar do investimento não há interferência do patrocinador no trabalho do carnavalesco. “Aqui nós adequamos o produto ao projeto já elaborado pela escola. Nesse momento surge o marketing criativo para solucionar essa questão”, ressaltou.

Apesar disso, em alguns casos já surgiram crises e coube a diretora gerenciar os problemas. “O investidor queria aplicar uma ideia no nosso desfile que ia contra o regulamento. Quando vimos que podíamos perder pontos, tivemos que refazer um carro alegórico a poucos dias do Carnaval”, lembrou. Porém, na maioria dos casos, a execução das ideias criativas gera bons resultados. “No ano da Suíça recebemos o investimento de uma empresa de chocolates. O nosso enredo tinha um carro que simulava uma fábrica e conseguimos juntar o produto com a história contada pelo carnavalesco”.

Há dez anos trabalhando na escola do Borel, Fabiana fala sobre o trabalho que exerce. “Nós avaliamos o tema da escola para gerar possíveis investimentos. Além disso, é importante ter flexibilidade em gerenciar crises”, destacou. Com cerca de 300 funcionários trabalhando de forma direta e indireta, a diretora explica que a Unidos da Tijuca é uma empresa como outra qualquer. “Temos o nosso setor de contabilidade que cuida, entre outras coisas, dos gastos na compra de materiais e dos custos para o Carnaval do ano seguinte, etc”.

O professor Ricardo Teotonio ressaltou a importância da visita técnica realizada pelos alunos. “Aqui eles conheceram um setor que movimenta a economia do Estado. Descobriram também oportunidades que estão perto e acabam não enxergando isso”. Já Fabiana falou sobre a própria vivência no mundo do samba e deu dica aos alunos: “Primeiro tem que entender onde estão os gargalos para depois supri-los. A experiência no mercado do Carnaval é muito enriquecedora e se aprende muito com ela”, finalizou.


Gabriel Brum
Estagiário - Comunicação Institucional

fotos da galeria