Você está aqui

Notícia

< Voltar

Notícia < Voltar

Campus: 
Tijuca
Barra
Cabo Frio

Outubro Rosa na UVA

Maria Eduarda Bellei, estagiária da Comunicação Institucional   |    Tijuca Barra Cabo Frio

Campanhas de prevenção do câncer de mama são desenvolvidas nos campi Tijuca e Barra

 

Os cursos de Enfermagem e Serviço Social da Universidade Veiga de Almeida (UVA) entraram na campanha do Outubro Rosa e estão promovendo ações de conscientização sobre o câncer de mama. A agência Onze, escritório experimental de Publicidade do campus Barra, também desenvolveu um alerta sobre a importância da prevenção.

 

Alunos de Enfermagem realizarão o Movimento de Sensibilização para a Prevenção do Câncer de Mama, que prevê a montagem de um mural informacional sobre o que causa a doença, cuidados necessários, sinais do câncer, entre outras mensagens de alerta. Até o final de outubro, estudantes do curso também abordarão universitários no campus Tijuca, tirando dúvidas e estimulando a conscientização.

 

Já no dia 20, os alunos de Enfermagem vão participar da feira de saúde, que acontecerá de 8h às 17h no Parque Olímpico de Deodoro, em Duque de Caxias. Seguindo o protocolo do Ministério da Saúde, serão dadas orientações sobre como prevenir o câncer de mana, a partir de qual idade, entre outras.

 

Os alunos de Serviço Social também se mobilizaram na campanha e produziram um quadro no mural do curso com informações sobre como realizar o autoexame e os direitos sociais dos pacientes que possuem a doença. A aluna Verônica Silva, do 5° período, destaca a importância do alerta sobre a doença: “Aproximadamente, 80% dos tumores são descobertos pela própria mulher ao apalpar as mamas. Assim, é importante conhecermos nosso corpo e sermos capazes de identificar mudanças, procurar ajuda e ter um atendimento adequado”.

 

As estudantes de Publicidade Raquel Sampaio e Eileen Barborena, da Agência Onze, no campus Barra, elaboraram cartazes e posts para as mídias sociais, convocando as mulheres a darem o primeiro passo rumo à prevenção.

 

Esse tipo de tumor é o que mais acomete as mulheres em todo o mundo, sendo 1,38 milhões de novos casos e 458 mil mortes pela doença por ano, segundo a Organização Mundial de Sáude (OMS). No Brasil, o Ministério da Saúde estima cerca de 53 mil novas ocorrências em um ano.

 

 

09/out/2018

Tema:
Campanhas,

Eventos

Ver Todos